Engenharia Mecânica

No estado do Amazonas o Engenheiro Mecânico é um profissional de extrema demanda para atendimento do Pólo Industrial de Manaus – PIM, bem como para atuar em outros seguimentos como energia, petróleo, etc. A demanda histórica do PIM por Engenheiros Mecânicos tem sido atendida por contratação de profissionais formados em outros estados da federação e até mesmo de outros países.

As atividades de atuação do Engenheiro Mecânico compreendem realização de supervisão, elaboração e coordenação de projetos de sistemas térmicos, mecânicos, hidráulicos e pneumáticos; construção de máquinas e motores; execução e fiscalização de instalações mecânicas, termodinâmicas, eletromecânicas, projetos para geração e conservação de energia térmica e hidráulica; estudos de viabilidade econômica, assessoria e consultoria, perícia técnica; controle de vibrações e ruído; pesquisa e desenvolvimento de materiais para construção mecânica, entre outros segmentos de atuação. Em suma, o Engenheiro Mecânico formado pela UFAM recebe capacitação para atuar nos quatro setores referenciados pelo Conselho Federal de Engenharia – CONFEA, a saber: (a) Mecânica Aplicada, (b) Termodinâmica Aplicada, (c) Fenômenos de Transporte e (d) Tecnologia Mecânica.

O Curso de Engenharia Mecânica da UFAM foi concebido para promover a formação de um engenheiro mecânico generalista, apto a exercer quaisquer das atividades expressas no Artigo 5º da Resolução Nº 1.010 do CONFEA, de 22 de agosto de 2005. Assim, o egresso do Curso de Engenharia Mecânica da UFAM deverá apresentar entre suas principais características uma sólida formação em: Ciências humanas: metodologia de pesquisa, expressão em língua portuguesa, administração, economia, humanidades, ciências sociais e cidadania; Ciências do ambiente; Ciências básicas: matemática, física, química, informática; Ciências básicas da engenharia: expressão gráfica, mecânica, mecânica dos sólidos, fenômenos de transporte, e tecnologia dos materiais.

Esse embasamento permitirá que os conteúdos de formação profissionalizante possam ser desenvolvidos de modo apropriado nos seguintes tópicos: Processos mecânicos, máquinas em geral; Instalações industriais e mecânicas; Equipamentos mecânicos e eletro-mecânicos; Veículos automotores; Sistema de produção de transmissão e de utilização do calor; Sistemas de refrigeração e de ar-condicionado; Serviços afins e correlatos aos anteriores e Segurança do trabalho;

Na fase final de seu curso, o futuro engenheiro mecânico terá a oportunidade de desenvolver habilidades de planejamento, supervisão, elaboração e execução de projetos e serviços de engenharia mecânico, através de um estágio em empresa atuante na área, sob orientação.

Também nessa mesma fase o aluno deverá desenvolver um trabalho técnico cujo objetivo será o de integrar e consolidar conhecimentos adquiridos durante o Curso de Engenharia Mecânica, realizado sob acompanhamento docente, e avaliado por banca examinadora.

Deste modo, espera-se que o egresso do curso de Engenharia Mecânica da UFAM possa desenvolver-se com postura de permanente auto-avaliação e busca de novos conheci- mentos, para o seu próprio desenvolvimento e melhoria da sociedade.