Arquitetura e Urbanismo

 

A implantação do curso de Arquitetura e Urbanismo, no ano de 2010 nesta Universidade Federal do Amazonas, adveio de um longo processo, principiado em finais dos anos 80. Deste processo, participou efetivamente o emérito professor desta Instituição de Ensino Superior, Arquiteto Severiano Mario Porto, quando de sua luta pela criação à época, de um curso de Arquitetura nesta Universidade pública, no âmbito da Faculdade de Tecnologia.

 

O caráter multidisciplinar do curso de Arquitetura e Urbanismo capacita o graduando da UFAM a atividades em diferentes campos da Arquitetura, abrangendo todas as escalas de projeto, desde escala da concepção de objetos até intervenções urbanas. O campo de atuação do egresso de Arquitetura e Urbanismo é diversificado: na iniciativa privada ou instituições públicas, com o desenvolvimento de projetos arquitetônicos, paisagísticos, ou intervenções urbanas, no desenvolvendo de trabalhos técnicos ou na coordenação de equipes multidisciplinares. O arquiteto pode atuar, também, na gerência e fiscalização de obras, com o patrimônio histórico e no planejamento e desenvolvimento urbano, nas três esferas do poder.

 

Com as permanentes transformações contextuais, de valores e expectativas diversas, surgem as demandas do mercado de trabalho do arquiteto. O campo de atuação é amplo, e pode desenvolver-se sob diversas condições: profissional liberal, como funcionário em empresas privadas ou públicas, como empresário ou como consultor autônomo. As suas atividades abrangem desde a concepção de projetos arquitetônicos habitacionais individuais e coletivos, edificações voltadas aos usos comerciais, de serviços, industriais, hospitalares, de lazer. Também contemplam o Planejamento Urbano, os Planos de Mobilidade Urbana, os Planos Urbanísticos estratégicos, além das práticas associadas à execução de obras. Incluem práticas acadêmicas, de docência, ensino e pesquisa.